Movimentações na Ilha-continental (Alexandre Magno Jardim Pimenta)


Assuntos:



Não temos amado acima de todas as coisas
Temos tido medo uns dos outros todos os dias
E todos os dias chamamos isso de nossa Vitória.
Amar eh um ato-livre e todo ato-livre é criador – Ousas!
Não permita que com o medo te levem a odiar as revoltas e alegrias
Não creia no vendido e dado em cada esquina desta vida Inglória.
Tanta gente pelas ruas, não é possível que não ouças,
O dia-a-dia esta insuportável, o que mais tu esperarias?
Sim, tantos apaixonados querendo para si a historia.
Muitos cantam o hino nacional, tu se enojas e caçoas?
Muitos querem organizar o carnaval e suas orgias
Outros querem aproveitar e capturar a escoria:
Outros ainda querem racionalizar o caos em que balouças
Ó ilha-continental, terra estuprada por capitanias,
Terra de pessoas indomáveis e livres em toda sua nudez e Glória.
Seja la o que for e com quem for que tu entoas
Contra isso ou aquilo, contra todas as explorações e vilanias,
Saibas que algo em comum nos une e recria:
É o amor, fruto humilde e precioso da árvore da liberdade,
E não se esqueçam que a terra quer que seja feita a sua vontade
E que seus frutos sejam distribuídos para todos



Comments are closed.




Editorial Universidade Nômade Edição Atual
Trânsitos Maquinações Edições Anteriores
Conexões Globais TV Global Sobre
Dossiê Galeria Contato
Licença Creative Commons
Os textos da Global Brasil estão sob uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Global Brasil é uma publicação da Rede Universidade Nômade
Global Brasil é a edição brasileira associada ao izle
Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da revista.