Posts Tagged ‘cidade’


Assembléia dos Prazeres (Ezequiel de Oliveira Tomé)

domingo, maio 23rd, 2010

Ezequiel de Oliveira Tomé

Essa mobilização não é outra coisa senão um manifesto público em busca de respostas às atitudes dos governos municipais e estaduais, em relação às comunidades situadas em encostas, mais especificamente Favelas, ditas áreas de risco, claramente declinando a democracia para uma nova  velha política de segregação e autoritarismo. Governando de uma forma para ricos e de outra para os pobres. Dois pesos duas medidas. Para os ricos das encostas, contenções de encosta e presto restabelecimento dos serviços. Para os pobres imposições de decretos e uso abusivo da força, respaldados  em leis que antes contemplavam as favelas e que agora se interpretam de forma contrária. Relegar a nossa dignidade e cidadania à remoções é lamentável retrocesso. (mais…)




Pontos de solidariedade

domingo, maio 23rd, 2010

Catástrofes e descaso do poder público na gestão urbana: onde está o problema?

Aos que tiveram a vida ceifada nas últimas semanas em função da catástrofe do início de abril, e as famílias que estão convivendo com esta tragédia, os nossos profundos sentimentos! O Fórum dos Pontos de Cultura do Estado do Rio solidariza-se com todas e todos que moram em morros, encostas, beiras de valas, valoões, próximos a rios, periferias e baixadas. (mais…)




Carta Aberta dos Moradores da Rocinha

domingo, maio 23rd, 2010

Publicado no blog William da Rocinha

14 de abril de 2010

Nós moradores da Rocinha denunciamos a todos a forma autoritária como a prefeitura do Rio vem  causando um grande “terror psicológico” aos moradores com a anunciada remoção total dos moradores do Laboriaux e também agora da Dionéia, após as chuvas e as quedas de encostas que fizeram 2 vitimas fatais. (mais…)




“Olimpíadas para Todos, sem remoção!” (Assoc. Moradores Vila Autódromo)

domingo, maio 23rd, 2010

Associação de Moradores de Vila Autódromo
Núcleo de Terras e Habitação
Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro

“Olimpíadas para todos, sem remoção!”; “Apesar das ameaças, desejamos sucesso para as Olimpíadas”; “Esporte é vida, não estresse. Políticas Públicas já!”; “Veneza carioca para os ricos e despejo para os pobres”. As faixas colocadas em um pequeno campo de futebol, transformado provisoriamente em local para assembléias entre os moradores, movimentos sociais e representantes de diversas entidades, expressam o repúdio da comunidade Vila Autódromo ao projeto de remoção de centenas de famílias pobres para a construção no local de equipamentos para os jogos olímpicos de 2016. (mais…)




O Choque de Ordem nas Praias do Rio de Janeiro (Hertz Leal)

domingo, maio 23rd, 2010

Hertz Leal
Cooperativa Orla Legal

Quando um novo governo chega a Prefeitura da cidade espera-se observar modificações na forma de administrar o patrimônio público Nós da Cooperativa Orla Legal, em 2008, procuramos os candidatos à prefeitura e demonstramos as irregularidades na administração dos 309 quiosques da orla marítima. No início da gestão entregamos uma carta às secretarias da Casa Civil, do Meio Ambiente, a Especial de Ordem Pública e até na de Cultura intitulada Ordem para os Quiosques de Nossas Praias, mas depois de muita insistência ouvimos do líder do governo na Câmara dos Vereadores, que a prefeitura deseja manter a parceria com a concessionária Orla Rio. (mais…)




A vergonha de ser um homem: o campo do Morro do Bumba

domingo, maio 23rd, 2010

Editorial. Revista Global N.12.

Vocês que vivem seguros
em suas cálidas casas,
vocês que, voltando à noite,
encontram comida quente e rostos amigos,

pensem bem se isto é um homem
que trabalha no meio do barro,
que não conhece paz,
que luta por um pedaço de pão,
que morre por um sim ou por um não
(…)

Pensem que isto aconteceu:
e lhes mando essas palavras.
Gravem-na em seus corações,
estando em casa, andando na rua,
ao deitar, ao levantar
repitam-nas a seus filhos.

Ou senão, desmorone-se a sua casa,
a doença os torne inválidos,
as seus filhos virem o rosto para não vê-los.

Primo Levi


1) A centralidade paradoxal da vida dos pobres nas metrópoles brasileiras: Biopoder versus Biopolítica

Como tudo no capitalismo, a favelização foi e é um processo contraditório. A chegada dos pobres nas cidades tem (pelo menos) dois grandes determinantes: (mais…)




A cidade insubmissa (Alexandre Mendes)

domingo, dezembro 20th, 2009
Alexandre Mendes

Da fuga dos escravos na direção dos quilombos livres, passando pela recusa nordestina ao poder oligárquico e à miséria, sem esquecer os fluxos de migração vindos de todo o mundo, o Brasil é atravessado por êxodos constitutivos que criam dinâmicas de liberdade e estabelecem novas formas de vida. Nascidas na velocidade desses êxodos, as grandes cidades brasileiras, tão caóticas quanto insubmissas, emergem como espaço de intensas lutas e conflitos em torno dos direitos e da cidadania.

Planejamento autoritário, concentração fundiária e de renda, violência, racismo foram algumas das tradicionais estratégias para o controle e exploração das multidões de pobres e migrantes que chegavam às cidades. Contudo, tais mecanismos não impediram o exercício de uma crescente e viva resistência exercida pelos novos habitantes. (mais…)







Editorial Universidade Nômade Edição Atual
Trânsitos Maquinações Edições Anteriores
Conexões Globais TV Global Sobre
Dossiê Galeria Contato
Licença Creative Commons
Os textos da Global Brasil estão sob uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Global Brasil é uma publicação da Rede Universidade Nômade
Global Brasil é a edição brasileira associada ao izle
Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da revista.